Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Omelete de forno

Gosto sempre de adiantar o máximo possível o pequeno almoço no dia anterior à noite. Claro que não vou fazer no dia antes ovos estrelados ou ovos mexidos, mas já uma omolete...
A receita que trago hoje foi de um dos pequenos almoços de um dia de semana e serviu para acompanhar a salsa mexicana que sobrou de um jantar improvisado e que fica melhor ainda quando repousa de um dia para o outro.
O casamento de sabores foi feliz e com quase tudo preparado no dia anterior, pudemos iniciar o dia sem pressas... Se o mesmo pudéssemos dizer do trânsito...



Omolete de forno com salsa mexicana improvisada 
Ingredientes para a omolete: - 4 ovos - 1/2 curgete - 1/2 tomate - salsa e coentros a gosto - azeitonas sem caroço qb - 6 cogumelos - 1 dente de alho - sal e azeite qb
Ingredientes para a salsa: - 1 tomate - 1/2 pepino - salsa qb - 1/4 de cebola roxa - azeite, sal e sumo de limão ou lima qb
Preparação: Comece por fazer a salsa mexicana já que fica mais apaladada quando feita com antecedência.Corte o tomate em cubinh…
Mensagens recentes

Iogurte grego

Fazer iogurte em casa faz parte das nossas rotinas há mais de 7 anos. Coincidiu com a compra da bimby, embora não seja necessário tê-la para os poder fazer. Claro que simplifica, mas não existia ainda a bimby e já as nossas avós e bisavós o faziam. Não esquecer isso!
Embora a Joana e o pai sejam intolerantes à lactose, faço iogurtes para mim e às vezes sem lactose para o Mario (utilizo leite sem lactose). No verão fermentam enrolados numa manta polar. No inverno coloco-os numa iogurteira. Seja qual for o método saem sempre bem.
Quando quero iogurtes com menos soro, a fazer lembrar o iogurte grego de compra, simplesmente retiro o soro e voilá! Tenho iogurte grego caseiro para toda a semana. O iogurte grego de compra tem natas. Este é feito com leite meio gordo, sem adição de natas ou açúcares. Não fica nada atrás do de compra e é até menos ácido! Só vantagens!





Iogurte estilo grego  [faz 250 gr + ou -]
Ingredientes: - 1 litro de leite meio gordo (uso vigor) - 1 iogurte natural (pode ser o últi…

Zoodles com tomate seco e camarão

Dificilmente existirá no mundo alguém que não goste de massas. Eu encaixo naquela categoria dos loucos por massa... Confesso que há 1 ano atrás não me imaginava viver sem elas... 
Mas consegui. E hoje como bolonhesa e carbonara e canelones e lasanha, se assim o poderemos chamar, mas sem massa. Sim é possível e delicioso.
A receita que trago hoje não tem massa, mas não é menos deliciosa por isso, porque tem tudo! Tem uma cor vibrante, um aroma inesquecível e uma conjugação de sabores que garanto não o fará pensar  em massas.
Com a oferta que existe no mercado em termos de spiralizadores, pode usar curgete, mas também pode fazer uma mistura com cenoura ou batata doce espiralizada nesta receita. 
E no dia da alimentação saudável é este o meu contributo para que comecem a pensar em tratar a saúde e não a doença. Fica a sugestão.




Zoodles com camarão e tomate seco [serve 2]
Ingredientes: - 12 camarões - 5 tomates secos - 2 curgetes - 2 dentes de alho - 2 mãos cheias de espinafres - 1 fio de azeite - sal …

Muffins de cacau

À medida que os dias vão passando, o hábito de comer doces vai-se perdendo gradualmente. Quando falo de hábito, falo do culto de rematar uma refeição com uma sobremesa, falo do ato social de sair e partilhar um gelado ou um bolo, falo das muitas feiras de doces conventuais espalhadas por esse Portugal a fora... Hoje em dia convivo com tudo isso com a maior das naturalidades sem me sentir tentada. Mas ainda hoje, por exemplo, as receitas mais vistas do blog são bolos ou sobremesas...
Se em tempos a partilha de uma receita de Muffins, por uma amiga, me levava de imediato para a cozinha, hoje acaba por cair no esquecimento... Mas quando as hormonas andam aos saltos, a TPM me deixa os nervos em franja e o stress atinge o Evereste, aquela receita partilhada pela minha querida Susana torna-se obrigatória experimentar. E ainda bem que os astros se conjugaram e estes muffins se fizeram porque é daquelas receitas infalíveis que vale a pena ter sempre na manga, ou no congelador.
Como não consigo …

Bolachinhas assustadoras

A tradição de Halloween cá por casa é tão antiga quanto a minha filha (7 anos). É uma data muito aguardada e desejada não se tratasse de uma noite em que os pais dão carta branca aos filhos para baterem de porta em porta a pedir doces!
De tal forma que rapidamente a tradição se tornou numa tradição do condomínio onde moro. E se antes tínhamos meia dúzia de miúdos a bater de porta em porta, agora temos uma imensidão deles a que somam todos os primos e amigos que cada um acaba por trazer. Não fosse um condomínio murado com muitas casas, embebido do espírito de halloween, o local perfeito para se passar esta data.
E enquanto os miúdos pregam pequenas partidas e devoram os doces que recolheram, os adultos convivem na sala de condomínios, decorada para o efeito, e petiscam o que cada um se comprometeu trazer, alusivo à data. 
No blog há inúmeras sugestões (AQUI), paleo e não paleo, e este ano a mesa contará com a habitual abóbora recheada de bacalhau, mas também com as bolachinhas paleo que a…

Pastéis de batata doce e atum

No mundo da alimentação paleo há algumas receitas comuns: o pão de banana, as panquecas de banana e os pasteis de batata doce e atum. 
Embora não siguemos um regime paleo demasiado restritivo, é claro que experimentamos alguns destes chavões culinários. Alguns acabaram por ficar, outros foram sendo adaptados aos nossos gostos cá de casa. 
Estes pasteis não são originais, mas a adição das azeitonas deu-lhe um toque fantástico. A ideia foi tirada, uma vez mais, do site jocooking que cá por casa seguimos de perto e recomendamos.
São um snack ótimo para os lanches, mas também dão uma ótima refeição acompanhados de uma excelente salada verde. 
Não são pasteis de bacalhau, mas nem por isso são um substituto pior... São simplesmente diferentes e muito agradáveis. 






Pasteis de batata doce e atum [faz 14]
Ingredientes: - 1 lata de atum em azeite - 250 gr de batata doce cozida ou assada (ca. de 2 médias) - 1 colher de sopa de cebola picada - 1 colher de sopa de azeitonas picadas - 2 colheres de sopa de sals…

O pequeno almoço mais simples

Hoje trago aquele pequeno almoço que sempre fazemos quando não há tempo, ou ideias ou imaginação. Não há nada mais simples e rápido. E que nos faça sentir mais enérgicos logo pela manhã.
Sim, ovos! Sim proteína! Sim fruta! Sim vegetais! Está lá tudo. Bom... Os frutos secos guardo-os para um ratinho que possa ter a meio da manhã ou da tarde e por isso não os adicionei ao pequeno almoço. Mas de resto... Não há desculpas. É só colocar uma frigideira ao lume, partir dois ovos lá para dentro, colocar num prato, adicionar queijo e presunto (sem aditivos), rúcula (eu tenho já lavada no frigorífico, seca e pronta a usar a qualquer momento) e dois morangos. Que podem ser outra fruta qualquer. 
Este presunto que tenho no prato foi comprado na Casa do Porco Preto em Aljezur. O dono vende  a carne que produz e o presunto tem apenas sal e carne. Está há meses no frio... Impecável... Delicioso... E sem corantes nem conservantes. 
Dá algum trabalho procurarmos os produtores, os melhores sítios onde pod…